domingo, 3 de outubro de 2010

Ai que saudade docê

Às vezes me invade uma saudade docê,
que ainda nem chegou.
Mas sinto que está prestes
a ensolarar cada dia de minha vida!
Debora de Paiva
03/10/2010

2 comentários:

Zenilda Lua disse...

adoro esse sentir saudade do que não se explica, não se ver, só se sente...
Tem cheiro de estrela que também é Assistente e por uns dias deixou São José... (kkkk)
beijos de amô flor linda!

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !